Segunda, 10 Dezembro 2018 06:20

Julio Campos vence briga com Rubens Barrichello e fica em 3º na Stock Car

Prati-Donaduzzi___vitória da stock.jpg

A Stock Car viveu um dia de decisão neste domingo, 9 de dezembro, em Interlagos. Daniel Serra chegou ao título pela segunda vez consecutiva. Felipe Fraga ficou com o vice. E Julio Campos alcançou a terceira posição no campeonato – o melhor que poderia obter neste fim de semana, já que a briga pelo título estava restrita aos dois.
 
Julio lutou intensamente pela vitória, chegando inclusive a liderar a prova. Terminou em segundo lugar, imediatamente atrás de Ricardo Zonta. “Foi uma corrida boa pra gente. Logo de cara, percebi que o carro do Ricardo era mais rápido, mas mesmo assim forcei o ritmo, fui pra cima dele e a gente trocou algumas ultrapassagens”, contou Julio.
 
“Só que perto da janela de pit stops, ele começou a ter um rendimento melhor e vimos que não daria pra ganhar. Então, foi questão de me concentrar no resultado, em poupar e tentar conseguir o pódio pra assegurar o terceiro lugar no campeonato. Conseguimos! Foi um ano de momentos difíceis, mas de uma grande virada no segundo semestre”, celebrou.
 
O resultado configura a melhor temporada da carreira de Julio Campos e da Prati-Donaduzzi na Stock Car. “Atingimos a meta”, comentou o chefe da equipe Rodolpho Mattheis.
 
“Partimos para uma estratégia mais conservadora na hora de parar, na troca de pneus, pra ter segurança de alcançar nosso objetivo. E saímos daqui com a sensação de missão cumprida. Quero parabenizar todo o time e nossos dois pilotos pelo excelente trabalho que eles fizeram”, acrescentou Rodolpho.
 
Além de colocar Julio na briga direta pela vitória, a equipe ainda teve Antonio Pizzonia andando sempre entre os dez melhores. “Foi uma corrida boa, divertida. Eu vinha em um ritmo bom e escalei bem o pelotão nas primeiras voltas. Depois, os pneus acabaram e terminei em oitavo. Mas é muito bom encerrar esse ciclo entre os dez primeiros”, avaliou Pizzonia.

Principalmente porque os resultados combinados garantiram a quarta posição para a Prati-Donaduzzi no campeonato de equipes (entre 21 inscritas).

RESULTADO DA CORRIDA
1. 10 Ricardo Zonta (Shell V-Power) – 25 voltas em 41min51s513 (154,4 km/h)
2. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – a 4s414
3. 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) – a 5s894
4. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) – a 15s670
5. 88 Felipe Fraga (Cimed Chevrolet Racing) – a 16s271
6. 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 16s359
7. 80 Marcos Gomes (Cimed Chevrolet Racing Team) – a 16s587
8. 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) – a 19s415
9. 51 Átila Abreu (Shell V-Power) – a 19s725
10. 544 Gaetano di Mauro (Hero Motorsport) – a 20s519
 
CAMPEONATO DE PILOTOS
1. Daniel Serra, 338 pontos
2. Felipe Fraga, 310
3. Julio Campos, 252
4. Rubens Barrichello, 242
5. Max Wilson, 210
6. Átila Abreu, 208
 
CAMPEONATO DE EQUIPES
1. Eurofarma RC, 548 pontos
2. Cimed Chevrolet Racing, 482
3. Shell V-Power, 392
4. Prati-Donaduzzi Racing, 296
5. Full Time Sports, 296
6. Cimed Chevrolet Racing Team, 251

Ler 373 vezes Última modificação em Segunda, 17 Dezembro 2018 11:59