Segunda, 20 Julho 2020 17:05

Atleta do projeto de vôlei apoiado pela Prati-Donaduzzi é convocado pela Seleção Brasileira

1-Com apenas 16 anos, o atleta já carrega um histórico de diversas competições. Foto Silmar Ramos.jpg

Com apenas 16 anos, o atleta já carrega um histórico de diversas competições. Foto: Silmar Ramos

A pandemia da Covid-19 afetou diretamente o cenário esportivo, com a suspensão temporária de treinos e competições. No entanto, o voleibol toledano voltou a ganhar evidência com a convocação do jovem Lukas Felipe Bergmann pela Confederação Brasileira de Voleibol.

A notícia surpreendeu a todos pelo momento atípico. Pois, como em outros setores, a tecnologia se tornou a grande aliada do esporte. A convocação foi de forma virtual, assim como as atividades de monitoramento do atleta pela Confederação. A apresentação de Lukas acontece nesta segunda-feira (20), às 19h, também remotamente.

Com apenas 16 anos, o atleta já carrega um histórico de diversas competições e excelentes resultados. Lukas treina há cinco anos no Mais Vôlei, projeto que recebe o apoio da Prati-Donaduzzi através da Lei de Incentivo ao Esporte, que tem descoberto, incentivado e divulgado diversos atletas locais e regionais.

Reconhecimento

Para o técnico André Henrique Van de Sand, a convocação foi uma surpresa devido à crise sanitária. “Lukas sempre foi um exemplo. Depositamos muita fé em seu futuro e aos poucos ele está colhendo os frutos dos anos de treinamento e competições”, avalia.

O ponteiro começou a jogar vôlei em uma praça perto de sua casa. Com o incentivo da família e com muita dedicação, hoje comemora a oportunidade de representar o município na Seleção Brasileira Sub- 19. “Fiquei muito feliz pela convocação e muito honrado pelo reconhecimento”.

Treino em casa

A Confederação objetiva preparar os convocados para o Campeonato Sul-Americano, ainda sem data definida.  Nas quadras de Toledo, o esporte ainda não voltou, entretanto isso não é empecilho para o jogador. “Tenho jogado com meus pais e minha irmã e realizado atividades musculares em casa sozinho”.

2-Com apenas 16 anos, o atleta já carrega um histórico de diversas competições. Foto Silmar Ramos.jpg

Lukas treina há cinco anos no Mais Vôlei, projeto que recebe o apoio da Prati-Donaduzzi Foto: Silmar Ramos.

Mais Vôlei

O treinador lamenta não estar presente neste momento importante, mas projeta treinos intensos assim que as atividades forem retomadas. “Não temos nenhuma previsão ainda. Esperamos que tudo fique bem para voltarmos, porque temos muito trabalho pela frente e estamos com ótimos resultados de todas as equipes, classificadas para a divisão especial do Paranaense”, afirma André.

Participam do Mais Vôlei cerca de 300 crianças e adolescentes.  Há cinco anos conta com o apoio da farmacêutica, além do incentivo pela Prefeitura Municipal de Toledo e Associação de Voleibol de Toledo (Avotol).  “Esse apoio faz com que os nossos atletas formados aqui sejam vistos nacionalmente”, finaliza André.

Ler 319 vezes Última modificação em Segunda, 20 Julho 2020 17:58