Notícias

Stock Car fecha fase inicial com briga pelo 2º lugar

15 Maio 2018, 12:00 am
Publicado em Últimas Notícias
Ler 84 vezes

equipepratidonaduzzi cópia.jpg

Somente uma mais do que improvável combinação de resultados pode impedir o líder Daniel Serra (RC) de fechar na ponta da tabela a primeira fase do calendário da Stock Car. Mas, se o atual campeão chega neste fim de semana à quinta etapa com a situação tranquila, a briga pelo segundo lugar do campeonato às vésperas do recesso da Copa do Mundo está acirrada. A diferença entre o vice Cacá Bueno (Cimed) e o oitavo colocado Júlio Campos (Prati-Donaduzzi), o último ainda com chances matemáticas de se igualar a Serra, é de apenas 14 pontos – 50 estarão em jogo na rodada dupla deste domingo no autódromo gaúcho de Santa Cruz do Sul.

O circuito do interior do Rio Grande do Sul é uma espécie de “terra de ninguém”. Desde que recebeu a categoria pela primeira vez em 2005, nada menos do que 13 pilotos conseguiram chegar ao alto do pódio em 20 corridas. Cacá tem o maior número de vitórias – 3 -, mas não ganha em Santa Cruz do Sul desde 2008. É seguido por Max Wilson e Valdeno Brito, ambos com duas cada. Entre os demais que estarão na cidade novamente brigando para se igualar à dupla estão Antonio Pizzonia, Allam Khodair, Tiago Camilo, Marcos Gomes, Felipe Fraga, Rubens Barrichello e Ricardo Maurício.

O estado parece casar bem com os pilotos da Prati-Donaduzzi. Pizzonia, além de ganhar em 2015, tem no segundo lugar do ano passado outro resultado expressivo na pista a se somar à vitória conquistada em Tarumã em 2014. O companheiro Julio Campos também venceu na mesma rodada dupla daquele campeonato e tem quatro pódios e uma pole no Velopark, onde no mês passado voltou a conquistar dois terceiros lugares. O retrospecto positivo no Rio Grande do Sul anima a equipe comandada pelo diretor-técnico Rodolpho Mattheis a buscar uma nova escalada na classificação de pilotos e equipes.

Com expectativa de temperaturas bem mais amenas do que as encontradas nas etapas anteriores de Londrina e do Velopark, os 31 carros entrarão no traçado de 3.530 metros na sexta-feira para as duas sessões de treinos livres com duração de 35 minutos. A sessão classificatória para formação do grid está marcada para sábado, dia com possibilidades de chuvas intensas de acordo com a meteorologia e consequência ainda da frente fria que penetrou no estado no fim de semana. Domingo, a largada da primeira bateria será autorizada às 14 horas.

A classificação do campeonato está assim:

1 – Daniel Serra, 116 pontos; 2, Cacá Bueno, 80; 3, Felipe Fraga, 76; 4, Rubens Barrichello, 72; 5, Max Wilson e Lucas di Grassi, 68; 7, Marcos Gomes, 67; 8, Julio Campos, 66; 9, Ricardo Zonta, 50; 10, Gabriel Casagrande, 49; 11, Thiago Camilo, 36; 12, Ricardo Maurício, 33; 13, Átila Abreu, 28; 14, César Ramos, 25; 15, Rafael Suzuki, 21; 16, Allam Khodair, 20; 17, Lucas Foresti, 17; 18, Vítor Genz, 15; 19, Diego Nunes, 12; 20, Antonio Pizzonia, 11.

Márcio Fonseca (MTb 14.457) | Assessoria de Imprensa da Equipe Prati-Donaduzzi