Notícias

estagiario.jpg

A indústria farmacêutica Prati-Donaduzzi realiza no dia 15 de outubro a seleção de estudantes que farão parte do Programa de Estágio “Sementes para o Futuro”. Podem participar acadêmicos das áreas de Farmácia, Biologia, Química e Engenharias e que estejam cursando a partir do 2º ano de graduação.

 

descarte.jpg

A indústria farmacêutica Prati-Donaduzzi realiza nos dias 25 e 30 de outubro uma campanha de conscientização sobre o consumo, armazenamento e descarte adequados de medicamentos. A atividade faz parte das ações desenvolvidas pelos alunos do PID – Programa de Inclusão Digital – projeto realizado em parceria com a Faculdade Sul Brasil (Fasul).

Os jovens e adolescentes participantes do PID são os idealizadores do projeto e responsáveis pela campanha que inclui a realização de entrega de materiais informativos e palestras de conscientização. Os mais de 3,9 mil funcionários das empresas do grupo Prati-Donaduzzi poderão entregar os medicamentos vencidos ou em desuso que possuem em casa.

Segundo a Supervisora da Universidade Corporativa Prati-Donaduzzi – Uniprati, Patrícia Doblinski, a expectativa é que a ação desperte a consciência ambiental nos colaboradores. “Este projeto pretende levar noções básicas sobre o uso racional, armazenamento e descarte adequado de medicamentos. Sabemos que os que são descartados incorretamente podem causar danos ao meio ambiente e os armazenados em casa, sem os devidos cuidados, podem ocasionar intoxicações e facilitar a automedicação”, explica.

Os colaboradores responderão a um questionário sobre a destinação que costumam dar aos medicamentos e se possuem o hábito de verificar o prazo de validade dos mesmos. A Coordenadora do Programa PID Prati/Fasul, Vanessa Viana, os acadêmicos do curso de Farmácia da Universidade Paranaense (Unipar) serão parceiros da ação e farão a classificação dos medicamentos. “Os vencidos ou em má conservação serão incinerados pela área de Meio Ambiente da Prati-Donaduzzi, através de empresa especializada, e os com data de vencimento vigente e em bom estado serão doados para a Farmácia Escola”, completa.

A Prati-Donaduzzi realiza durante o mês de novembro o seu Mês Interno de Prevenção de Acidentes de Trabalho, MIPAT. São diversas palestras ao longo do mês, voltadas para os funcionários da empresa, com o foco na proteção das mãos.
Esta é a primeira vez que a Prati-Donaduzzi realiza um mês inteiro para tratar de acidentes de trabalho. Até 2012, a empresa utilizava uma semana para tratar do assunto. O objetivo de estender o evento para o mês todo foi a possibilidade de oferecer mais palestras e atividades para os funcionários e reforçar ainda mais todos os conceitos de segurança do trabalho e qualidade de vida que são aplicados no dia a dia da empresa.

 

congresso_hops.jpg

 

A farmacêutica Prati-Donaduzzi é uma das patrocinadoras do IX Congresso Brasileiro e II Sulamericano de Farmácia Hospitalar, que será realizado nos dias 14, 15 e 16 de novembro de 2013 no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo.
O congresso contará diversas palestras e cursos voltados para profissionais da área da saúde e farmácia, além de proporcionar a troca de experiência entre profissionais brasileiros e estrangeiros a fim de aprimorar os serviços em busca de melhores resultados. A organização do evento projeta a participação de mais de 2.000 participantes, entre profissionais e estudantes.
A participação da Prati vai destacar o pioneirismo da empresa na inclusão do código Datamatrix em blísters de medicamentos sólidos orais fracionados. Segundo o diretor da área comercial Hospitalar, Walter Batista, a rastreabilidade dos processos, desde a produção até a dispensação, é considerada como um dos maiores ganhos com a utilização do Datamatrix. “O rastreamento aberto para todos os envolvidos na cadeia da saúde forma uma rede segura de dados. O paciente é o grande beneficiado, pois sua segurança é garantida até o leito hospitalar, pois ela acontece como consequência da combinação de procedimentos corretos associados ao emprego de tecnologia, diminuindo as chances de erro”, diz.
Além de pioneira na produção e comercialização de medicamentos fracionáveis no país, a Prati produz mais de 10 bilhões de doses terapêuticas por ano, o que faz da empresa uma das maiores fabricantes de genéricos consumidos no Brasil.


Mais informações sobre o evento: http://www.sbrafh.org.br/congresso2013/

 

A Prati-Donaduzzi realiza em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem  ...