Release

Prati-Donaduzzi é premiada pela GS1 Brasil

28 Novembro 2016, 12:00 am
Publicado em Releases
Ler 69 vezes

 

A Prati-Donaduzzi, maior fabricante de medicamentos genéricos do Brasil¹, é reconhecida pela Associação Brasileira de Automação - GS1 Brasil pelo case “Segurança ao paciente: GS1 Datamatrix® para fracionar medicamentos e promover rastreabilidade na unidade hospitalar”. A farmacêutica foi premiada pela implantação do código Datamatrix® em blísteres de alumínio para medicamentos sólidos orais em doses fracionáveis.
Criado em 1998 com a finalidade de reconhecer os esforços de empresas e organizações na divulgação do Sistema GS1, o Prêmio de Automação se tornou referência nacional quando o tema é inovação, gestão e empreendedorismo.
Segundo o diretor comercial da Prati-Donaduzzi, Walter Batista, a empresa busca constantemente aumentar a segurança dos medicamentos. “Sempre nos preocupamos com a necessidade de aprimorar os sistemas de segurança e controle em todos os processos. Da produção à comercialização de um medicamento, o Datamatrix® beneficia todos os envolvidos”, ressalta Batista. “Essa premiação é resultado da nossa busca pela segurança e saúde das pessoas”, completa o executivo.
O Datamatrix® é um código com leitura bidimensional que possibilita a impressão de até 36 mil caracteres, em espaço reduzido, garantindo as informações necessárias para a rastreabilidade total de medicamentos, sendo o escolhido por diversos países como Turquia, Índia e Argentina.

Sobre a implantação do código pela indústria
Reconhecendo a necessidade dos hospitais, a Prati-Donaduzzi iniciou o projeto para aplicação do código. Inicialmente, a tecnologia foi aplicada aos produtos da linha de medicamentos fracionados sólidos orais.
A implantação do Datamatrix® foi um pioneirismo da farmacêutica no País, alinhada às necessidades dos hospitais brasileiros onde cada dose de medicamento é fracionada ocorrendo retrabalho, além dos custos adicionais de perda de validade, etiquetagem de identificação, muitas vezes feitos de forma manual, ficando suscetível a erros e perdas. Hospitais de referência no Brasil, onde a preocupação com o paciente e a garantia da qualidade é uma prioridade relevante, adotam esta tecnologia, garantindo assim conceito e certificações internacionais.

¹Fonte: IMS Health MAT Set/2016 PMB+NRC / Doses terapêuticas